Strike a Pose: O poder da marca pessoal

Antes que você pergunte o que raios a Madonna está fazendo na capa, eu já posso adiantar aqui: ela foi a primeira a investir em branding pessoal. Foi a primeira artista que de fato criou uma marca visual, estética, musical e de lifestyle láááááá nos anos 80.



Então você me pergunta: "mas Ana, o que raios a Madonna tem a ver com a minha marca?"


Eu te respondo: TUDO. Você precisa ser tão marcante quanto o seu negócio, afinal de contas ele nasceu de você, a partir de um desejo seu, de uma inquietação ou necessidade sua. Logo, você é um fator de extrema importância para o seu negócio. Sua personalidade, seu jeito de ser, sua linguagem, sua forma de ver o mundo conta muito para o branding, pois eles já são a sua marca pessoal - e intransferível. Madonna se tornou um ícone. Ela uniu pontas importantes na hora de trabalhar a sua imagem pessoal, dentre muitas, separei aqui as três principais: - Características físicas: os dentes separados e a sobrancelha marcada - Personalidade: Ela era uma mulher livre, quebrava tabus e com sua personalidade forte abriu inúmeros diálogos sobre a sexualidade da mulher. - Estilo: no início de carreira ela pesou a mão nos looks com ares de punk e rocker. Conforme foi amadurecendo enquanto pessoa e musicalmente, passou por inúmeras transformações no guarda-roupa até fincar uma parceria com o estilista Jean Paul Gaultier, sendo a musa inspiradora e rosto da marca por anos, além de eternizar o famoso sutiã cone (que segue firme e forte em seus figurinos desde então).



Além de ser trilha sonora constante aqui da Casa Rio, um ícone eternizado ao lado de Michael Jackson (que também é outro que entrou na vibe do branding persona na década de 90), rainha do pop e precursora de inúmeros movimentos dentro do mercado de moda, Madonna nos deu preciosas lições sobre a utilização da nossa imagem. Então se você tá afim e investir em sua imagem pessoal para fortalecer o seu negócio e não sabe por onde começar, pega as dicas da rainha do pop!

1) Não ligue tanto para o que os outros pensam, seja você mesmo.

2) Seja hit. Olhe para onde ninguém está olhando e aposte na ousadia.

3) Humanize seu negócio começando por você mesmo (sim, ela trouxe o pop para perto das pessoas por ser ela mesma).


Aproveita que hoje é sexta-feira, que você terá todo um fim de semana #emcasa e comece a levantar os seus pontos fortes, comece a observar as suas qualidades e como a sua imagem atrelada a sua marca/negócio pode contribuir para o crescimento! Imagens: Reprodução/Pinterest

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo